Home > Notícias > Haras MD pode ter alguns dos melhores cavalos do Brasil no futuro

Haras MD pode ter alguns dos melhores cavalos do Brasil no futuro

19/08/2011

Simpático e atencioso, o holandês Wiepke Van de Lageweg, 66 anos, esteve percorrendo as instalações do Centro Hípico e Haras MD, em Passo Fundo/RS, nesta sexta-feira (19). Ele é proprietário do Haras VDL, um dos maiores e mais importantes do mundo destinados a cavalos de hipismo.

Apaixonado por cavalos desde criança, Lageweg comprou seu primeiro aos 27 anos. Quase quatro décadas depois, ele reafirma sua adoração por cuidar de cavalos, além de explicar como a linhagem VDL se tornou referência mundial. “Na Olimpíada de Atlanta, em 1996, um dos meus exemplares conquistou o ouro por equipe e individual. Logo depois esse animal morreu, mas tive quatro anos com o nome de campeão olímpico para conseguir disseminar a linhagem pelo mundo”, comenta, lembrando que trabalhava antes com gado e buscava sempre ter o melhor rebanho. “Quando investi em eqüinos tive a mesma preocupação. E tenho até hoje. Busquei os melhores exemplares na região, no país e em todo lugar, para oferecer qualidade!”, garante.

Atualmente, a cada ano 3.500 éguas são inseminadas com a genética VDL. Esse alto número faz com que Lageweg visite muitos clientes em diversos países. Depois do Brasil ele retorna para Holanda e em seguida viaja para Cuba e Colômbia. O objetivo é o mesmo que aqui: estreitar o relacionamento com seus clientes e ver pessoalmente como estão seus animais.

Sobre o Centro Hípico e Haras MD ele é direto: “aqui é fantástico”. Segundo o proprietário do Haras VDL, as pessoas de Passo Fundo e do Brasil precisam valorizar o investimento que o empresário e advogado Mauricio Dal Agnol está fazendo pelo esporte devido a infraestrutura do local. “Os concursos, as acomodações, o carinho que todos são recebidos aqui é algo todos precisam agradecer ao Mauricio. Isso é algo único, inclusive na Europa”, ressaltou.

De acordo com Lageweg, as instalações do MD são focadas no esporte e a pequena reprodução ainda vai dar muito o que falar. “A compra certa é sinônimo de retorno. Daqui sairão no futuro alguns dos melhores cavalos do Brasil”, garantiu.

Conforme Mauricio Dal Agnol, é um orgulho ter a visita de um dos maiores criadores do mundo. “Ele observa nossa criação e contribui sempre com a melhoria”, destacou. Dal Agnol fez questão de comentar que o custo operacional para se tratar cavalos top ou com baixa qualidade é o mesmo. Portando, vale a pena investir em qualidade na hora de procurar linhagem de animais. “É importante investir em linhagens boas senão não vai ganhar”, finalizou Dal Agnol.

Na foto, Marina Dal Agnol com MD VDL Vyruso, Maurício Dal Agnol, Wiepke Van de Lageweg e o garanhão MD VDL Quite Magic


Fonte: Assessoria de Imprensa Haras MD
Redes Sociais